Rádio Mega Star

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Professor no Piauí se sente desvalorizado.

Mesmo depois da prefeitura de Teresina,dar o aumento de acordo com o piso nacional,o governador do Piaui Wellington Dias,,quis parcelar esse aumento em 12 meses.Uma proposta no mínimo,revoltante para a classe.
Depois da ameaça de greve,veio uma outra proposta completamente sem nenhum interesse para a classe.
Uma proposta descabida: Parcelar os 11,36% em 3 vezes:janeiro,agosto e dezembro.
Hoje,15 de fevereiro,os professores se reunem para decidir o que fazer.


A grande maioria quer greve,até o governo autorizar o aumento de acordo com a lei.
O professor,que é uma classe de trabalhador responsável em formar todo e qualquer tipo de profissional,se vê hoje desvalorizado.
Não adianta nenhum tipo de justiça obrigar o professor a voltar para a sala de aula,pois todos sabem que um profissional trabalhando obrigado,não trabalha direito.E quem sofre,são os alunos,que vão ter diante deles,um profissional sem vontade de ensinar.



Vera Lucia/SINTE