Rádio Mega Star

sábado, 5 de julho de 2014

Médico da seleção concede entrevista sobre estado de saúde de Neymar à tarde



O médico da seleção brasileira, José Luís Runco, concede hoje (5), às 16h, entrevista coletiva sobre o estado de saúde do atacante Neymar, que está fora da Copa do Mundo. O atleta desembarcou na madrugada de hoje (5) na Base Aérea do Galeão, junto com a delegação, mas seguiu de ambulância para a Granja Comary, em Teresópolis, região serrana.
Os jogadores que não atuaram contra a Colômbia vão a campo treinar na Granja Comary a partir das 16h. Os titulares, que começaram jogando contra a Colômbia, fazem trabalho regenerativo na piscina do Centro de Treinamento.
Neymar sofreu uma fratura na vértebra lombar e não terá condições de se recuperar a tempo de disputar a semifinal, contra a Alemanha, na próxima terça-feira (8), nem uma possível final, no dia 13 de julho. O tempo de recuperação previsto pelo departamento médico da seleção brasileira é de quatro semanas.
O atacante foi atingido aos 41 minutos do segundo tempo, quando o Brasil vencia a Colômbia por 2 a 1. Após cruzamento na área, a zaga brasileira lançou a bola em direção a Neymar. O atacante brasileiro dominou a bola no peito e recebeu uma joelhada, nas costas, do lateral colombiano Zúñiga. O jogador saiu de campo chorando de dor e foi substituído pelo zagueiro Henrique


Desde antes da Copa do Mundo fala-se da dependência da seleção brasileira do seu principal craque. Nas duas partidas finais do Mundial, o Brasil vai ter que provar que sabe viver sem Neymar. Afinal, o jogador teve uma fratura na terceira vértebra lombar nos minutos finais da partida contra a Colômbia, nesta sexta-feira, no Castelão, e está fora da Copa.
A jogada que tirou Neymar da Copa aconteceu aos 40 minutos do segundo tempo da partida. O jogador iniciaria um contra-ataque, mas recebeu um choque do lateral Zuñiga, que chegou por trás e acertou uma joelhada na coluna do jogador brasileiro, que ficou se contorcendo de dor no gramado.
Retirado de maca chorando muito, Neymar foi diretamente para o hospital São Carlos nos arredores do Castelão, acompanhado do médico José Luis Runco, para realizar exames. Imagens de TV mostraram que o craque seguiu para o interior do hospital de maca, ainda chorando.
O exame de tomografia computadorizada mostrou que Neymar sofreu fratura na terceira vértebra lombar. Segundo o médico da seleção, Rodrigo Lasmar, não será necessária intervenção cirúrgica.
— Não é uma fratura grave, mas precisa de imobilização, de uma cinta lombar para dar o conforto necessário para que ele cicatrize essa fratura e possa voltar a ter uma vida normal. O prazo de recuperação é muito curto, mas em uma semana não dá para voltar.
O médico não quis dar prazo exato para a recuperação. Disse apenas que Neymar vai precisar ficar "algumas semanas" imobilizado para controle da dor. Lasmar explicou ainda que Neymar vai voltar com o grupo para Teresópolis e depois será decidido o que vai ser feito, se será cortado ou permanece com a equipe para a sequência da competição.
O Brasil já tinha outro importante desfalque para a semifinal contra a Alemanha, terça-feira, em Belo Horizonte. O zagueiro Thiago Silva recebeu o segundo cartão amarelo nesta sexta-feira e terá de cumprir suspensão. Dante e Henrique disputam a vaga do capitão da seleção

'Em momento algum quis machucar o Neymar', diz Zuñiga após pancada

Por essa a torcida brasileira não esperava. Com uma lesão na terceira vértebra lombar após sofrer uma joelhada do colombiano Zúñiga, nas costas, pouco antes do fim do segundo tempo, Neymar está fora da Copa do Mundo. Durante entrevista na zona mista ao canal ESPN Brasil, o jogador disse que foi um lance de jogo e que não foi na maldade.
– Uma jogada normal, nunca tive a intenção de fazer mal ao jogador. Quando estou em campo, faço de tudo para defender meu país, é a camisa que eu visto, mas sem a intenção de lesionar qualquer jogador. Era uma partida que ambos queriam ganhar, e estava tudo um pouco quente, entrando forte, mas eles também estavam entrando igual. Isso é normal. Não fui para a jogada esperando que ele fosse fraturar a coluna, estava defendo minha camisa, meu país. É uma coisa muito triste para um jogador, mas espero que, com a ajuda de Deus, não seja nada mais grave e que ele melhore, pois todos sabem que é um grande talento para o Brasil – disse Zúñiga.
















EBC Agencia Brasil./R7